Carboxiterapia: Conheça os benefícios da carboxiterapia para o seu corpo

Tempo de leitura: 4 minutos

Carboxiterapia: Conheça os benefícios da carboxiterapia para o seu corpo
5 (100%) 1 vote

Carboxiterapia: Conheça os benefícios da carboxiterapia para o seu corpo

Você que quer dar um fim nas estrias, nas celulites e na gordura localizada que te atormentam? Pois saiba que a carboxiterapia é uma técnica que utiliza o gás carbônico e propicia uma melhor circulação sanguínea, atuando para deixar sua pele mais bonita e longe da flacidez e dos “furinhos” chatos.

A carboxiterapia funciona da seguinte forma: um aparelho ligado a um cilindro de gás carbônico medicinal regula a quantidade de gás (que pode ser de até 80ml de gás por minuto) até uma seringa com uma agulha, que irá ser aplicada em várias camadas da pele, dependendo do caso.

A partir daí, o gás carbônico aplicado possibilitará uma dilatação dos vasos sanguíneos, ao mesmo tempo em que estimula a formação de novos vasos. Ele também permite uma melhor irrigação do sangue nos tecidos e também uma oxigenação do local.

Outro benefício da aplicação do gás carbônico na sua pele é que ele provoca o rompimento das fibroses do tecido subcutâneo. Há pesquisas sendo feitas que confirmam que o método favorece a produção de colágeno e elastina e quebra as células de gordura.

Em quais situações a carboxiterapia é indicada

Especialistas recomendam as sessões de carboxiterapia especialmente para o tratamento da celulite, pois ela atua nos três níveis deste problema: edema, gordura e fibrose. O primeiro é solucionado pela dilatação dos vasos e melhora da circulação, enquanto a fibrose é rompida pelo gás e a gordura é queimada pelo metabolismo estimulado na região da aplicação.

Para as estrias, o gás carbônico distende o tecido da cicatriz e estimula a produção de colágeno na área. A aplicação do gás carbônico é mais indicada para estrias novas e avermelhadas, pois os resultados nelas tendem a ser melhores. Da mesma forma esta técnica pode ser utilizada no tratamento de cicatrizes e fibroses decorrentes de cirurgias plásticas.

Outro benefício da carboxiterapia está no tratamento da gordura localizada. Embora mais discretos, os resultados são positivos, pois o método queima a gordura da área afetada e também ajuda na circulação sanguínea.

A carboxiterapia pode ainda ser direcionada para a diminuição das olheiras. O gás carbônico trabalha na formação de novos vasos sanguíneos que buscam amenizar a região mais escura abaixo dos olhos. No caso da flacidez da pele, o gás atua na formação de colágeno e elastina.

Como funcionam as sessões

É recomendável que sejam feitas ao menos entre cinco e 10 sessões de carboxiterapia. Assim, os resultados irão aparecer de forma mais progressiva e duradoura. De qualquer forma, é importante haver uma periodicidade.

O tratamento por meio da técnica da aplicação do gás carbônico pode ser efetuado em dias alternados e a carboxiterapiapara cicatrizes e estrias é recomendada apenas uma vez por semana. Não há risco do gás acumular na sua pele, pois ele é absorvido pelo corpo em cerca de 20 minutos.

As sessões devem ser aplicadas por um médico. Normalmente, um dermatologista ou um cirurgião plástico deverão realizar as sessões. Isso porque, trata-se de um método invasivo, em que a agulha vai perfurar a pele por meio de uma injeção. Você poderá recebeer o tratamento em mais de uma região por sessão, mas quem vai dizer a melhor maneira de aplicar é o seu médico.

É possível que durante as sessões de carboxiterapia você sinta alguma dor. Isso ocorre por conta da injeção, a aplicação do gás carbônico e a consequente distensão dos tecidos. Quando o gás é inserido em temperaturasmais baixas a dor pode ser maior. Por isso, equipamentos atuam no aquecimento do gás.

Resultados e contraindicações

Os resultados podem durar por um longo período. Tudo vai depender dos seus hábitos de vida, que influenciam na manutenção de sua pele sem celulite e estrias. É importante que você se exercite regularmente, tenha uma dieta balanceada e esteja dentro do eu peso. Para aquelas mulheres que possuem maior propensão às celulites, por conta dos hormônios femininos, vale fazer sessões esporádicas de carboxiterapia, justamente para manter o resultado alcançado.

Há algumas contraindicações da carboxiterapia. Caso você esteja com alguma infecção na área a ser tratada, é melhor deixar para depois que ela estiver curada. E se você tiver uma doença pulmonar que retenha gás carbônico, caso da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), você não poderá fazer as sessões.