Dieta Cetogênica Cardápio

Tempo de leitura: 4 minutos

Dieta Cetogênica Cardápio
4.5 (90%) 2 votes

Conheça a dieta cetogênica e o cardápio que fará você emagrecer de verdade!

A dieta cetogênica é uma ótima opção para quem quer perder peso rápido e entrar em forma. No entanto, é preciso levar em conta alguns cuidados e seguir a receita de forma estrita, para que os resultados cheguem logo e você fique mais bonita e saudável. Neste artigo você saberá mais sobre essa dieta e terá acesso ao cardápio para poder fazer na sua casa.

Elaborada inicialmente para crianças que sofriam de epilepsia nos Estados Unidos no começo do século passado, a dieta cetogênica retomou com força nos últimos tempos, mas agora para quem está firme no desejo de emagrecer e ter um corpo escultural.

Como a dieta funciona

A fonte energética da dieta cetogênica provém da gordura, enquanto que o carboidrato é diminuído drasticamente. Já as carnes devem se consumidas, mas de forma moderada. E qual o objetivo de reduzir as massas e consumir alimentos com maior teor de gordura? A ideia é que o corpo comece a queimar sua própria gordura. O pouco consumo de carboidrato leva o corpo ao estado de cetose, que é quando o fígado trabalhar para queimar a gordura consumida e a gordura do próprio corpo em ácidos graxos e corpos cetônicos para gerar a energia que a gente precisa para o dia a dia.

Além da queima de gordura se tornar mais fácil, a dieta cetogênica possibilita que você perca peso sem perder massa muscular. Com uma ingestão de proteínas adequadas no seu cardápio e com um grande número de corpos cetônicos na corrente sanguínea por conta do estado de cetose, o organismo não precisa quebrar as proteínas dos músculos em aminoácidos para produzir a glicose.

Além disso, a dieta auxilia na redução dos níveis de insulina, que normalmente costuma atuar no acúmulo de gordura. A dieta cetogênica proporciona um maior controle no seu apetite, pois o consumo de proteínas aliado ao estado de cetose inibem a fome.

Porém, como as porções são pequenas quantidades, mas com alta densidade calórica, é importante se manter firme no começo da dieta, que pode ser um pouco difícil, mas apenas até você atingir altos níveis de cetonas no organismo o que vai ajudar a dar mais saciedade nas refeições e você terá mais disposição.

É fundamental que você gaste mais energia do que consome durante a dieta. Isso irá permitir que o organismo se alimente da quebra de gordura armazenada realizada pelo metabolismo. Mas aqui existe uma armadilha. Se o déficit energético for muito grande, poderá fazer com que o corpo busque outras fontes de energia e possa começar a catabolizar massa magra, o que não é bom para você, já que a ideia aqui é perder peso eliminando gordura.

Procure, então, consumir as quantidades calóricas recomendadas e não se preocupe em gastar energia durante a atividade física. Se a dieta estiver sendo seguida de forma correta, a chance de ocorrer algum problema é menor.

Foco no cardápio!

É importante lembrar que a dieta cetogênica deve ser repleta de ovos, carnes, peixes, aves, óleos saudáveis, abacates, castanhas, vegetais, além de pequenas porções de carboidratos. Açúcar deve ser substituído nos chás e café por estévia. Não coma pães, bolos, bolachas, massas em geral. Evite ao máximo também sucos, cereais, frutas com muito açúcar, alimentos industrializados, tubérculos recheados de carboidratos como a batata e a mandioca.

Abaixo está o cardápio da dieta cetogênica para um dia, como um exemplo do que você deverá consumir. As quantidades vão depender da idade, sexo, quantidade de atividade física praticada, consumo calórico e também levando em conta seus objetivos.

Café da manhã

  • Omelete, ovos mexidos ou cozidos;
  • Frios (queijo, presunto, salame);
  • Manteiga;
  • Café ou chá.

Almoço

  • Carne bovina ou suína;
  • Peixes ou frutos do mar;
  • Salada de folhas;
  • Brócolis ou aspargos.

Jantar

  • Omelete ou ovos;
  • Frango grelhado ou refogado com azeite e manteiga;
  • Espinafre refogado;
  • Salada de folhas;
  • Azeite.

Lanches entre refeições

  • Castanhas (amêndoas, macadâmia, castanha do pará);
  • Queijos ricos em gordura;
  • Salame;
  • Abacate;
  • Gelatina diet (pode entrar como sobremesa das refeições).

É permitido tomar refrigerante e sucos diet. Mas o ideal mesmo é você substituir por bastante água, que deve ser consumida em grandes quantidades para ajudar a eliminar líquidos do organismo. Evite usar muito sal nos alimentos. Por fim, é importante você procurar um nutricionista, que irá recomendar as quantidades e horários mais adequados de acordo com suas necessidades individuais para esta dieta.