Dieta da proteína alimentos permitidos

Tempo de leitura: 6 minutos

Dieta da proteína alimentos permitidos

O objetivo da dieta da proteína é diminuir o consumo de carboidratos como pão, arroz, macarrão para o mínimo possível, substituindo-os por alimentos ricos em proteínas como carne, peixes e ovos.

Sem carboidratos como fonte de energia o organismo queima as suas fontes de gordura para obter energia e é assim que a pessoa emagrece.

Originalmente inventada pelo cardiologista norte americano Robert Atkins nos anos 60, hoje ela possuí uma versão menos radical que não elimina todos os carboidratos e será essa versão que nós iremos abordar.

Mas afinal de contas quais são os alimentos permitidos na dieta da proteína? Para responder essa dúvida eu vou deixar uma lista de alimentos para que você tenha uma ideia do que acrescentar na sua dieta.

Dieta da proteína alimentos permitidos

  • Frango;
  • Feijão;
  • Peixe, atum e salmão e outros frutos do mar;
  • Queijo cottage, requeijão e laticínios com pouca gordura;
  • Carne de vermelha sem gordura;
  • Proteína em pó de soro de leite, Whey Protein;
  • Ovo cozido, omelete;
  • Gelatina sem açúcar, geléia diet;
  • Acelga, espinafre, alface, rúcula, agrião, chicória;
  • Aipo, pepino, rabanete, cogumelo, jiló;
  • Abacate, limão, melancia, melão, toranja;
  • Aspargos, azeite, azeitona com tempero, berinjela, brócolis;
  • Café, chá;

Dieta de proteína alimentos proibidos

  • Refrigerantes;
  • Açúcar, adoçantes com frutose, adoçantes com lactose;
  • Arroz, batata;
  • Macarrão, lasanha, pizza;
  • Mandioca, milho;
  • Pão, farinha, trigo;
  • Bolachas, bolos, tortas;
  • Doces ou balas;
  • Abóbora, caju, banana, beterraba
  • Amendoim, feijão, ervilhas
  • Catchup, catupiry, leite, panquecas;

Os prós e os contras da dieta da proteína

  • Com a diminuição e até mesmo a eliminação dos carboidratos o seu corpo vai começar a usar a gordura como fonte de energia fazendo você emagrecer;
  • As proteínas demoram mais tempo para serem absorvidas pelo corpo, ou seja você vai demorar mais para sentir fome e com isso vai comer menos, porém o consumo exagerado de proteínas pode sobrecarregar os rins e fígado;
  • Se você é um praticante de atividade física a eliminação dos carboidratos pode levar a perda de água e massa muscular;
  • Há relatos de efeitos colaterais como mau humor, desânimo, tontura e até lapsos de memória;
  • Essa é uma dieta muito restritiva e exige uma grande disciplina por parte da pessoa;
  • É muito difícil uma pessoa passar a vida inteira sem comer carboidratos, como aquela pizza no final de semana, o arroz e feijão do dia-a-dia, uma comida japonesa bem feita, o macarrãozinho nos almoços de domingo, etc;

Para te ajudar a decidir se inicia a dieta da proteína eu deixo um vídeo com os mitos e verdades sobre a mesma:

Lembre-se que antes de começar uma dieta o ideal é que você consulte um nutricionista pois somente um profissional bem preparado é que pode elaborar uma dieta que não irá colocar a sua saúde em risco.

O que eu aconselho a fazer é que você mude os seus hábitos alimentares e não corte por completo os carboidratos apenas diminua os carboidratos e aumente as proteínas nas suas refeições.

Uma dica bem bacana para você que pretende seguir uma dieta para emagrecer é ler o artigo onde eu falo sobre o e-book Receitas para emagrecimento e definição muscular, confira o vídeo que eu fiz falando sobre o conteúdo do e-book:

Se você quiser saber mais detalhes sobre este e-book eu sugiro que você clique aqui e dê uma olhada no artigo Receitas para emagrecimento e definição muscular onde eu apresento tudo aquilo que você irá encontrar neste e-book.

Porém se você pretende seguir a dieta da proteína confira as dicas abaixo:

  • Consuma legumes pois estes tem grandes quantidades de vitaminas, sais minerais, cálcio e magnésio que ajudam a construir músculos e queimar gordura;
  • O período da dieta da proteína é de 15 dias com 3 dias de intervalo e logo em seguida mais 15 dias de dieta, porém ela não se repete após isso;
  • Antes de seguir a dieta procure um nutricionista para evitar qualquer tipo de efeito colateral;
  • Programe as suas refeições com pelo menos um dia de antecedência;
  • Faça as refeições no mesmo horário assim fica mais fácil para você se programar e também criar hábitos;
  • Beba bastante de água de preferência 2 litros por dia;

Confira abaixo o mini cardápio com os principais alimentos da dieta da proteína para você comer nas suas refeições:

Café da manhã
  • Opção 1: 1 copo de leite desnatado com Whey Protein + Iogurte com abacate;
  • Opção 2: 1 copo de suco de melão + 2 fatias médias de queijo minas light 0% de gordura + 2 fatias de presunto magro;
  • Opção 3: 4 fatias de peito de peru light + 1 torrada integral + 1 copo de leite desnatado com Whey Protein;
Lanche da manhã
  • Opção 1: 1 copo de leite de soja batido com 1 fatia de mamão + 1 fatia de pão integral;
  • Opção 2: 1 barrinha de proteína + 1 taça de gelatina diet;
  • Opção 3: 1 copo de iogurte natural + 1 polenguinho;
Almoço
  • Opção 1: 1 berinjela recheada com carne moída / 6 colheres (sopa) de espinafre refogado / 1 prato de salada de folhas (com um fio de azeite);
  • Opção 2: Peixe cozido com espinafre temperado com gotas de limão + omelete com queijo e presunto, salada de rúcula;
  • Opção 3: 1 filé de frango grelhado + 1 salada mista à vontade (alface, tomate, agrião, cenoura, rabanete) temperada com um fiozinho de azeite + 2 colheres de espinafre refogado;
Lanche da tarde
  • Opção 1: 1 pote de iogurte desnatado + 1 colher de aveia;
  • Opção 2: Iogurte desnatado + Whey Protein;
  • Opção 3: 1 torrada integral com requeijão light ou com 1 fatia média de ricota;
Jantar
  • Opção 1: Omelete: 1 gema e 2 claras + 2 xícará (chá) de brócolis cozidos no vapor + frango cozido com aipo e espinafre;
  • Opção 2: 1 filé de salmão (180 g) ensopado com legumes / salada de folhas, tomate e lascas de parmesão (temperada com 1 colher de chá de azeite);
  • Opção 3: 1 filé de frango ou peixe + 1 salada mista + ovo cozido com agrião ao vapor;
Ceia
  • Opção 1: 2 fatias de queijo branco + 1 colher (chá) de geleia diet ou sem açúcar;
  • Opção 2: Gelatina + mingau com 200 ml de leite desnatado com aveia;
  • Opção 3: 1 xícara (chá) de leite desnatado + 1 colher. (sobremesa) de achocolatado light;

Mais uma vez eu gostaria de lembrar que o ideal é que você consulte um nutricionista antes de mudar a sua dieta, mas se por algum motivo você não puder fazer isso então vá mudando aos poucos a sua dieta, anote a sua alimentação em um caderno ou programa e também as sensações que você teve durante o dia, se algo estiver muito fora do normal suspenda a dieta e procure um médico, lembre-se de cuidar da sua saúde em primeiro lugar.

Volto a repetir que o apoio de um nutricionista vai potencializar os seus resultados.

Um grande abraço e até a próxima.