Dieta vegetariana

Tempo de leitura: 4 minutos

Dieta vegetariana

A dieta vegetariana vem ganhando cada vez mais espaço e com isso vemos cada vez mais produtos vegetarianos disponíveis nas prateleiras dos supermercados, isso é ponto positivo até certo ponto, pois a melhor forma de se alimentar é com alimentos na forma mais natural possível. Porém, vemos muitas vezes alguns enganos com o significado da dieta vegetariana e isso se confunde até mesmo nos rótulos dos produtos. Aqui vamos explicar quais são as diferenças e quais os benefícios de uma dieta vegetariana.

Tipos de dieta vegetariana

Existem basicamente 4 tipos de dietas vegetarianas e são eles:
Dieta ovolactovegetariana: essa é a dieta que a maior parte das pessoas entendem por ser vegetariana, mas não é. O ovolactovegetarianismo é uma dieta onde se consome ovo e leite, apenas não se consome a carne;
Dieta ovovegetariana: como você deve imaginar, nesse caso o consumo apenas de ovo entra na dieta vegetariana. O consumo de carne, leite e derivados são abolidos;
Dieta lactovegetariana: aqui é o oposto da dieta ovovegetariana. Nesse caso o consumo de leite e derivados é feito, apenas de ovo e carne que não;

Dieta vegetariana: agora sim vamos falar do que escutamos tanto por aí. A dieta vegetariana é uma dieta livre de qualquer alimento de origem animal, ou seja, aqui não é permitido o consumo de carne, ovo, leite ou derivados.

A dieta vegetariana emagrece?

Apenas ser vegetariano não vai te fazer emagrecer, é preciso também controlar a sua alimentação, não consumindo gordura e nem carboidrato de forma exagerada. Porém é muito mais fácil conseguir manter o peso com uma dieta vegetariana do que sem, principalmente por causa do intestino regulado e pelo fato da carne vermelha ser mais calórica.

Para emagrecer com uma dieta vegetariana priorize os alimentos frescos, como frutas e legumes. Você também pode dar preferência para as frutas da estação, elas são bem mais doces e você pode fazer suco com elas ou até mesmo usá-las para adoçar os seus doces, como substituir o açúcar por banana na hora de fazer cookies.

Para emagrecer não tem mistério, é preciso consumir menos calorias do que você precisa. Então faça o cálculo e consuma apenas as calorias necessárias. Além disso, para emagrecer é preciso praticar exercícios físicos com frequência.

Benefícios da dieta vegetariana

Além de ajudar a emagrecer, a dieta vegetariana tem muitos outros benefícios. Um dos principais benefícios é a redução do risco de doenças cardiovasculares, até mesmo a OMS estimula que as pessoas consumam menos ou nenhuma carne, com o intuito de prevenir uma série de doenças cardiovasculares.

Essa redução do risco acontece porque ao retirarmos a carne da dieta, retiramos a principal fonte do colesterol ruim. O alto consumo de fibras também ajuda a reduzir o colesterol ruim e ela está fortemente presente em muitos vegetais.

A fibra também ajuda em um outro benefício que a dieta vegetariana pode trazer, que é o bom funcionamento do intestino. É muito comum vermos pessoas que adotaram a dieta vegetariana tendo uma mudança significativa na melhora do intestino.

Ao retirarmos o leite e os derivados da dieta também reduzimos os problemas alérgicos, uma vez que a lactose está relacionada com a formação do muco. Além disso, o leite também é uma fonte de colesterol ruim e muitos pesquisadores alertam para o perigo do consumo de leite por pessoas portadoras de diabetes.

Mitos sobre a dieta vegetariana

Muitos são os mitos sobre a dieta vegetariana, o principal deles é sobre a proteína. As pessoas costumam pensar que a única fonte com quantidades significativas de proteínas é a carne, porém muitos vegetais e leguminosas tem proteínas e com uma dieta balanceada podemos consumir toda a quantidade de proteínas que necessitamos.

Outro mito é sobre o cálcio, quando tiramos o leite da nossa dieta o primeiro questionamento é sobre a ingestão de cálcio. Porém, isso vem sendo fortemente desmistificado, já foi provado que o cálcio do leite não é tão bem absorvido e que o leite está relacionado com o risco de fraturas e a incidência de osteoporose em mulheres. Assim como as proteínas, muitos vegetais são ricos em cálcio, o principal deles é a couve. A couve é fonte que mais tem cálcio, até mesmo mais do que o leite.