O que comer depois do jejum intermitente?

Tempo de leitura: 3 minutos

O que comer depois do jejum intermitente?
1.1 (21.55%) 103 votes

O que comer depois do jejum intermitente

Atualmente muito se ver falar sobre o jejum intermitente, o qual esta muito na moda por ser conhecido por causar perda de peso, melhora da saúde metabólica e até mesmo sobre o prolongamento de vida. Mas isso não é nada surpreendente devido a popularidade de diversos métodos de jejum intermitentes que são concebidos.

Este jejum alterna períodos curtos de jejum com períodos mais longos de ingestão calórica normal. A maioria é feitas durante a noite, enquanto esta dormindo, sendo assim importante, pois funciona em concerto com a nossa fisiologia circadiana.

Assim, o sono é considerado o momento natural do corpo de se desintoxicar e reiniciar os hormônios metabólicos. Em muitos testes clínicos, este jejum melhora a sensibilidade aos hormônios insulina e leptina, onde exames de sangue após o jejum intermitente mostram que a insulina e marcadores inflamatórios são reduzidos.

Com isso, jejuar é um ato que auxilia a repensar e reeducar os hábitos alimentares, sendo muito fácil para muitas pessoas começar o processo de evolução desses hábitos escolhendo a hora de comer e o que comer, além disso, o jejum é programado sendo o tempo pré-estabelecidos e com rotinas que são intercaladas.

Métodos para realizar o jejum intermitente

Para aderir ao jejum intermitente é preciso adequar a dieta, sendo ideal o consumo de alimentos como verduras, legumes, carnes e ovos, onde para se ter bons resultados é necessário diminuir a quantidade de carboidratos e quando preciso aumentar a quantidade de gorduras boas. Saiba abaixo alguns métodos.

O método de 16/8 exige que o jejum seja realizado todos os dias por 14-16 horas restringindo a janela de alimentação, onde dentro dessa janela você pode encaixar duas, três ou mais refeições de uma forma bastante simples. No caso das pessoas que ficam com fome durante a manhã e tomam um café reforçado, sempre sofrem com a aplicabilidade desse método. Ainda assim, você pode beber água, café e outras bebidas que não sejam calóricas, durante o jejum, isso podem ajudar a diminuir os níveis de fome. Resumidamente, em cada dia você pode restringir a sua alimentação a uma janela de alimentação de 8-10 horas, sendo encaixadas algumas refeições.

Já a dieta 5:2 geralmente envolve refeições os 5 dias da semana, mas com restrição de calorias entre 500-600 sendo obedecidas em dois dias da semana. Ela também é conhecida por ser uma dieta rápida e bastante popularizada, onde nos dias de jejum é recomendado que as mulheres comam 500 e os homens comam 600 calorias.

O jejum de 24 horas uma ou duas vezes na semana é muito popularizado normalmente com o jejum do jantar de um dia até o jantar do próximo dia, pode também ser realizado a partir do café da manha e ficar até o próximo desjejum conforme for conveniente para você. A água, o café e as outras bebidas não calóricas são permitidos durante o jejum, mas nenhum tipo de alimento sólido, sendo que o único problema deste método é que ele pode ser muito difícil para muitas pessoas.

O jejum em dias alternados possui muitas versões diferentes, onde alguns podem ser ingerido 500 calorias durante os dias de jejum. Alguns estudos realizados em laboratório mostram que os benefícios para a saúde com este jejum tem como base esta versão, mas com este método a pessoa normalmente vai dormir com muita fome, o que pode não ser muito agradável e insustentável em longo prazo.

Não é necessário seguir um plano de jejum intermitente para conseguir alguns benefícios, e por isso uma opção muito simples é pular as refeições ao longo do tempo quando você não estiver sentindo fome ou quando estiver muito ocupado para cozinhar.

Com esses métodos de jejum intermitente e com outros métodos, muitas pessoas estão conseguindo atingir bons resultados, mas este jejum não é para todos, é apenas uma ferramenta muito útil para algumas pessoas. Assim, se você deseja realizar o jejum, procure ter sempre em mente que é preciso se alimentar de uma forma muito saudável.