O que é abdominoplastia?

Tempo de leitura: 6 minutos

O que é abdominoplastia?

Hoje em dia, é muito comum que algumas pessoas procurem ajuda médica para reparos em seu corpo. E a abdominoplastia é uma cirurgia plástica que está sendo procurada por alguns pacientes. Esta operação é feita para a retirada do excesso de pele e da gordura localizada, e assim auxiliar na recuperação da firmeza dos músculos da região do abdômen.

Os resultados permitem que a barriga fique mais lisa e tonificada. A abdominoplastia também remove as estrias localizadas na região, porque há remoção de pele no ato do procedimento.

Se você tem o interesse em realizar a cirurgia, vamos te passar um manual a respeito das indicações, contraindicações e muito mais, tudo para que haja uma boa compreensão a respeito antes da procura a um médico.

Indicações para o procedimento

Os principais candidatos a fazer a abdominoplastia precisam ser pessoas saudáveis e em forma, e podem ser mulheres ou homens. Não é um tratamento contra a obesidade, nem mesmo uma fonte alternativa que substitui a prática de exercícios físicos ou ter um hábito alimentar saudável.

A abdominoplastia costuma ser mais solicitada por mulheres que tiveram múltiplas gestações, pessoas que perderam peso de forma substancial, e quem ter um acúmulo de gordura na região da barriga. Para todos os casos, há a flacidez na barriga, gordura em excesso e também estrias.

Como a abdominoplastia é feita

Após avaliar o abdômen, o cirurgião fará o procedimento. Cada corpo possui suas diferenças, então um procedimento nunca será totalmente igual ao outro. Porém, há duas incisões comuns.

Uma delas é um corte horizontal acima dos pelos pubianos. O tamanho desta incisão deve variar de acordo com a quantidade de gordura e de pele a ser retirada. A segunda incisão é feita de forma vertical, ao redor do umbigo, onde os excessos da pele acabam por ser separados.

Feita a cirurgia, drenos de aspiração são colocados no abdômen. Isso é feito para evitar que líquidos se acumulem na região abdominal. Os drenos são colocados próximos ao púbis, pois assim a cicatriz pode ser disfarçada com o crescimento dos pelos pubianos.

O tempo de duração de toda a abdominoplastia dura em média entre uma e três horas. De acordo com a extensão de seu tratamento, o tempo pode acabar sendo maior. Se a cirurgia for muito longa, pode haver o risco de complicações, como a trombose.

Por um período de 35 dias, o paciente ainda precisará usar uma malha compressora, que é uma cinta com o tamanho exato para o paciente. É importante evitar a realização de esforços físicos, até mesmo coisas simples como carregar peso. Todo cuidado é válido neste período.

Contraindicações da operação

Como em todo procedimento cirúrgico, a abdominoplastia também tem os seus riscos. Nem todas as pessoas podem realizar. Não é recomendável para mulheres que tenham em mente a possibilidade de engravidar novamente, nem mesmo para pessoas que possam ter ganho de peso após a cirurgia.

Quem tem obesidade ou é fumante é mais propenso a ter necroses, e, por isso mesmo não podem realizar a abdominoplastia.

Se a pessoa é obesa, para estar apta ao procedimento, o primeiro passo é emagrecer mediante exercícios e com alimentação saudável, ou, então, realizar outro procedimento cirúrgico anterior, a lipoaspiração, em que é removida toda a gordura presente no corpo. Só assim uma pessoa poderá fazer depois o procedimento da abdominoplastia.

Também necessitam de maiores cuidados, e de uma melhor avaliação individual pelo cirurgião, pessoas que realizaram cirurgias anteriores também na região do abdômen, e que possam ter alguma cicatriz ocorrida graças a estes procedimentos antigos. Quem tem alguma doença relacionada ao colágeno também precisa ser melhor examinado.

Para este grupo que se operou anteriormente na região, em alguns casos, a cicatriz da operação não permite que a abdominoplastia seja feita, porque assim poderia haver alguma complicação mais grave, tornando um procedimento que possa levar a sérios problemas.

Após a realização da abdominoplastia – o que muda no corpo?

Depois do longo processo de recuperação após o procedimento, o paciente já perceberá que tem novos contornos em seu corpo. Em um primeiro momento, é normal perceber que há um inchaço maior no corpo.

Por isso, todo cuidado é de valor extremo, para que assim haja uma recuperação tranquila e sem maiores problemas, sem qualquer risco de ter uma complicação no pós-operatório.

Veja Também: Criolipólise Dói?

Escolha um cirurgião conceituado para esta operação

Definir quem será o cirurgião para a abdominoplastia é de extrema importância. Um procedimento mal feito pode levar a pessoa a ter trombose e embolia pulmonar, problemas sérios que podem levar à morte. Nosso corpo é o bem mais precioso que temos. E justamente por isso, precisamos encontrar pessoas de confiança impecável, ainda mais para a realização de uma cirurgia como essa.

Também pode ocorrer sangramento e infecção no local operado. Por isso todo o repouso é de valor enorme, para que não venha a ocorrer nenhum tipo de adversidade, e assim, prejudicar o paciente a ponto de ele ter danos que podem ser irreversíveis.

Procure pelo registro do médico no Conselho Federal de Medicina. No site da entidade é possível identifica-lo. Se ele está registrado, já é um bom sinal. Mas o profissional também precisa ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Além disso, pesquise sobre o hospital o qual o procedimento deve ser feito. A instituição precisa estar apta para realizar cirurgias plásticas como a abdominoplastia.

Converse com quem já realizou o procedimento. Com isso, você pode se sentir mais confiável, e avaliar melhor se há mesmo a necessidade da realização. Nem todas as pessoas precisam fazer a abdominoplastia, mas conhecer outras pessoas que fizeram o mesmo auxilia e muito a ter mais informações a respeito.

Tomando todas essas dicas, se for necessária a operação, você pode ter a certeza de que, com todos os cuidados feitos, as chances de todo o procedimento ser um sucesso são enormes. E além disso, com o tempo, você voltará a estar novamente de bem com o seu próprio corpo, com uma barriga mais bonita, e com menos gordura acumulada na região.